Canal no Youtube:

 Instagram: 

 Autora e o blog: 

 Facebook: 

Olá medroso e medrosa, tudo certinho com você?

​Eu sou a Renata, nasci em Recife, a capital mais assombrada do Brasil e desde pequena eu sou apaixonada por filmes de terror. Meu primeiro projeto de terror foi em 2017 com o canal do Youtube Mundo Sinistro - Filmes & Contos.

Saiba Mais

©2019 Mundo Sinistro - Filmes & Contos.

Criado por Diogênes Paz

É proibido copiar total ou parcialmente o conteúdo deste site sem a autorização da autora.

  • Rê Moura

VOCÊ SABIA QUE NO BRASIL EXISTIRAM BRUXAS? CONHEÇA A HISTÓRIA DA BRUXA DE CURITIBA.

Atualizado: Mar 12

Olá medrosos e medrosas, tudo certinho com vocês?

De acordo com histórias que o povo conta no século XIX, um enorme navio chegou a Paranaguá, que fica no litoral do Paraná. Deste navio desembarcaram diversos imigrantes que foram para a cidade de Curitiba trabalhar em lavouras, estes imigrantes, formaram o bairro Santa Felicidade.

Entre estes imigrantes estava uma bela jovem chamada Constantina e sua mãe, conhecida como Dona Lola.


Conheça o Canal Mundo Sinistro - Filmes & Contos no Youtube.

Imagem de Enrique Meseguer por Pixabay

Sua mãe, constantemente lembrava a sua filha que ela era descendente de uma linhagem muito antiga de bruxas. Sua mãe dizia: “você precisa se preparar para a feitiçaria! Afinal de contas, você é uma Strega, uma poderosa bruxa de descendência italiana. Nunca se esqueça disso filha. Ninguém se torna uma Strega, isto porque precisa ser um dom de nascença e este é o seu grande destino. E o castigo de uma Strega que nega o dom é ser moça durante o dia e idosa durante a noite, para sempre”.

E mesmo com a insistência de sua mãe, Constantina odiava a feitiçaria, não queria ser bruxa, em sua cabeça, ela acreditava que ser bruxa era invocar o mal, ser má. Ainda assim, ela conseguia identificar que tinha diversos dons. Constantina conseguia se comunicar com os mortos, ela tinha premonições e um grande instinto para curar as pessoas doentes. Com Constantina negando ser bruxa, Dona Lola não desistia e levava a filha para aprender rituais de feitiçaria e bruxaria.


Uma certa noite, sua mãe resolveu levar Constantina até o cemitério com a intenção de levantar os defuntos de seus túmulos. Neste momento, a menina ficou tão assustada que fugiu de sua mãe em direção de sua casa. A jovem andou tanto a caminho de sua casa que acabou encontrando um lugar onde hoje em dia é chamado de Campo Largo, na região metropolitana de Curitiba.


Siga no instagram @renatamourareal.

Imagem de Pexels por Pixabay

Nesta região, Constantina encontrou uma floresta e, no centro da floresta, ela encontrou uma pequena casa que estava abandonada. Lá a menina encontrou ervas que serviam para curar doenças. A mesma as colheu e logo depois acabou encontrando uma senhora, idosa com o braço quebrado. Na mesma hora, sem esperar, a menina a socorreu utilizando as ervas que havia encontrado ao redor da casa para fazer os curativos e um chá. Constantina também fez orações e curou a senhora.


Em seguida a menina ficou famosa e diversas pessoas de vários lugares iam até sua casa em busca de cura. O mais interessante é que sempre que pessoas apareciam em sua casa durante a noite, sempre quem atendia era uma senhora idosa, ou seja, a jovem Constantina nunca estava por lá. Já durante o dia, quem procurava por ajuda encontrava sempre a jovem e nunca a senhora.


Um certo dia, um menino chamado Zé correu em busca de Constantina para ajudar sua querida mãe que estava doente, isso eram 18h. Ao chegar na casa, o menino colocou sua cabeça na janela para espiar dentro da casa e pôde ver a jovem Constantina se transformando em uma senhora idosa. No mesmo instante, o menino correu até a vila e contou tudo que viu a todos. Isso claro que apavorou a todos da região.


Os moradores ficaram apavorados e foram até a floresta para tentar matar Constantina, que claro, se escondeu em um declive, na sua casa. Os moradores incendiaram sua residência, queimando assim, infelizmente a menina viva. Depois deste ocorrido, Constantina passou a assombrar o local, se escondendo de dia e matando quem passar pela floresta durante a noite.


Claro que há versões que contam que a moça conseguiu fugir e morar com sua família. Mas em ambas as versões, não deixa de ser sinistro. Uma moça que de noite vira uma senhora idosa. Isso assusta qualquer um não é?


Apoie o canal Mundo Sinistro - Filmes & Contos.


Medrosos e medrosas, você já havia ouvido falar desta história? Sabia que antigamente Curitiba já teve indícios de caça as bruxas? Você acredita que bruxas existem?


A seguir assista ao vídeo que mostra mais um pouco sobre a história da Bruxa de Curitiba.

Bom, eu fico por aqui, um beijo e até mais medrosos e medrosas!

128 visualizações