Canal no Youtube:

 Instagram: 

 Autora e o blog: 

 Facebook: 

Olá medroso e medrosa, tudo certinho com você?

​Eu sou a Renata, nasci em Recife, a capital mais assombrada do Brasil e desde pequena eu sou apaixonada por filmes de terror. Meu primeiro projeto de terror foi em 2017 com o canal do Youtube Mundo Sinistro - Filmes & Contos.

Saiba Mais

©2019 Mundo Sinistro - Filmes & Contos.

Criado por Diogênes Paz

É proibido copiar total ou parcialmente o conteúdo deste site sem a autorização da autora.

  • Rê Moura

HISTÓRIAS ASSUSTADORAS PARA CONTAR NO ESCURO - SERÁ QUE É BOM? HORA DA CRÍTICA.

Atualizado: Mar 12

Então galera medrosa aqui do blog, vamos falar do filme Histórias Assustadoras Para Contar No Escuro?

De acordo com a sinopse do filme, “Baseado na trilogia de livros de mesmo nome, um grupo de crianças se veem presas em seus pesadelos, repletos de contos de folclore e lendas urbanas de terror, que se tornam realidade, isso após visitarem uma mansão assustadora em uma noite de halloween e encontram um livro que fazem as criaturas tornarem-se reais”.


Ok Renata? Mas é bom? Vale a pena assistir?

Conheça o Canal Mundo Sinistro - Filmes & Contos no Youtube.


Aí depende de seu gosto, se você gosta de um filme de terror voltado ao público juvenil. Então está de boa. Eu achei interessante em diversos pontos que vou contar agora. E deixo você mesmo(a) tirar suas conclusões e assistir ou não ao filme.

Histórias Assustadoras Para Contar no Escuro é um filme com uma fantasia de horror que faz o público amante do gênero mergulhar de cabeça em histórias assustadoras que querendo ou não nos amedrontam, independente de idade. (Embora não sejam extremamente assustadoras assim), mais à frente explico o por que.

O filme é baseado nos livros de Alvin Schwartz e dirigida por André Øvredal. O filme demonstra um perfeito domínio das técnicas do gênero mesmo que em alguns momentos faça uso de um bom susto clichê.


E claro que a essência do filme, o toque sutil de maturidade do terror nas cenas se misturam, ao estilo de Guillermo del Toro que também trabalhou na produção do filme. E venhamos e convenhamos, suas produções merecem um voto de confiança com certeza. O cara já trabalhou como diretor, roteirista ou produtor em filmes como A Forma da Água e Mama, por exemplo, entre muitos outros filmes bons.


Siga no instagram @renatamourareal.


Claro que para mim o filme não assusta tanto quanto se espera pelo título, porém em alguns momentos você consegue sim, levar uns bons sustos. Diante mão eu já digo que o filme é interessante de assistir, mas não espere algo extremamente assustador. Acho que pelo título às histórias deveria caminhar igual. Mas apenas em alguns momentos isto acontece.

Quanto a iluminação e fotografia, eu achei o filme bem trabalhado, afinal de contas Guilhermo del Toro sabe produzir como ninguém um bom filme.


Já no quesito enredo e roteiro, bom, o que se esperar de adolescentes conversando e passando apuros? Isso não quer dizer que a atuação dos personagens tenham sido ruins. Acredito que caminharam junto com a história e produção.


Então, como falei anteriormente, Histórias Assustadoras Para Contar No Escuro não é um filme tão assustador quanto o nome do título, porém acredite isto acaba não sendo um problema. O filme mira em um publico mais jovem, então está valendo a premissa do filme.


A história do filme se inicia na cidade de Mill Valley de 1968, que há várias gerações é assombrada por diversos mistérios que cercam a mansão da família Bellows. E foi exatamente no porão desta mansão que uma jovem cheia de segredos obscuros escreveu um livro com histórias assustadoras. Tempos depois, para tornar o Halloween mais ainda divertido, a personagem Stella interpretada pela atriz (Zoe Margaret Colletti) leva seu grupo de “amigos”, sim entre aspas, pois não quero soltar spoiler, até a mansão famosa e assombrada e faz o público conhecer a antiga história da família Bellows. E é a partir daí que as histórias acontecem e tornam-se reais.


Minha nota ao filme? Se eu fosse adolescente eu daria 9,0. Mas como sou marmanja velha darei 7,5.

Apoie o canal Mundo Sinistro - Filmes & Contos.


Assista ao vídeo e inscreva-se no canal:

Espero que tenham gostado desta crítica.


Um beijo e até mais medrosos e medrosas!

11 visualizações