Canal no Youtube:

 Instagram: 

 Autora e o blog: 

 Facebook: 

Olá medroso e medrosa, tudo certinho com você?

​Eu sou a Renata, nasci em Recife, a capital mais assombrada do Brasil e desde pequena eu sou apaixonada por filmes de terror. Meu primeiro projeto de terror foi em 2017 com o canal do Youtube Mundo Sinistro - Filmes & Contos.

Saiba Mais

©2019 Mundo Sinistro - Filmes & Contos.

Criado por Diogênes Paz

É proibido copiar total ou parcialmente o conteúdo deste site sem a autorização da autora.

  • Rê Moura

JÁ OUVIU FALAR NA LENDA DA RASGA MORTALHA?

Atualizado: Mar 12

Olá medrosos e medrosas, tudo certinho com vocês?


A rasga mortalha é o nome popular de uma coruja, isso na região norte e nordeste do Brasil. O animal tem a cor branca, e geralmente voa muito baixo.

O nome se dá origem por causa do atrito de suas asas , que ao voar, produzem o som de um pano que está sendo rasgado. As pessoas da região acredita que, quando a rasga mortalha passa voando sobre a casa de uma pessoa doente, ela esteja rasgando a mortalha desta pessoa, ou seja, assim a pessoa estaria prestes à morrer.


Conheça o Canal Mundo Sinistro - Filmes & Contos no Youtube.

Geralmente a rasga mortalha só sai para voar durante a noite. A mesma é uma coruja que tem a fama de ser agourenta. Pelo norte e nordeste do Brasil, diversas pessoas acreditam que quando essa coruja passa por cima de alguma casa é sinal de que algum morador da casa está perto de morrer.

Esta lenda teve inicio a partir de uma lenda antiga. De acordo com ela, tudo começou com uma mulher de trinta e cinco anos, gorda e de pele bem branca. Seu nome era Suindara e trabalhava como carpideira que nada mais e do que mulheres que eram pagas para chorarem em velórios.

Suindara era filha de um assustador e temido feiticeiro de nome Eliel. Ela era bem inteligente e respeitada na vila em que morava, todos a chamavam de “coruja branca”.


Ela começou a namorar com um rapaz chamado Ricardo, isso sem a permissão de seu pai. Este homem era filho de uma condessa de nome Ruth. Já a condessa era muito preconceituosa. Para você ter uma ideia, caso o romance de Suindara e Ricardo fosse descoberto, jamais seria aceito pela malvada condessa.

Siga no instagram @renatamourareal.


Porém com o tempo ela acabou descobrindo e bolou um plano tenebroso para acabar com o namoro dos dois.

Ela mandou que sua empregada desse uma carta para Suindara falando que contrataria os seus serviços como carpideira, e que para isto elas deveriam se encontrar atrás de uma cripta que se encontrava em um local mais afastado e escuro do cemitério da vila.

Quando Suindara chegou ao local foi assassinada por um empregado da condessa. De acordo com a história, todos ficaram indignados e lamentaram muito a morte da jovem.

Seu pai Eliel, a enterrou em um luxuoso mausoléu e para homenageá-la mandou esculpir uma enorme coruja branca no meio da cripta que Suindara foi encontrada.

Eliel, usou as cartas de tarô que tinha e para sua infelicidade descobriu que a assassina de sua filha havia sido a condessa Ruth. Então ele resolveu criar e fazer um poderoso ritual para se vingar da condessa. Ele foi até o túmulo de sua querida filha para executar sua magia.


De acordo com a lenda, o espírito da Suindara entrou na estátua de coruja e fez com que ela criasse vida. Assim a coruja saiu voando pela vila chegando a sacada da janela do castelo onde dormia a condessa.

Lá ela começou a piar um canto sinistro e estranho, que mais parecia um tecido sendo rasgado. Durante toda a noite, a vila inteira ouviu o som aterrorizante da ave. Todos ficaram com medo!


Na manhã seguinte a condessa amanheceu morta e todas as suas roupas foram encontradas rasgadas.

Desde este dia, a coruja branca começou a soltar seus gritos sinistros sempre que alguém estava perto de morrer na vila. E até hoje diversas pessoas acreditam que quando a “rasga-mortalha” sobrevoa suas residencias soltando “gritos”, é um sinal de agouro.


Apoie o canal Mundo Sinistro - Filmes & Contos.


Assista ao vídeo e inscreva-se no canal:

Então medrosos e medrosas, uma história bem interessante não é? Gostei bastante de conhecer. Você acredita nesta lenda? Acredita que a rasga mortalha realmente agoura alguém quando está sobrevoando uma casa?

Já viu alguma?


Bom, eu fico por aqui, um beijo e até mais medrosos e medrosas!

54 visualizações